Autoridades preparam ofensiva contra invasão de terras em Camaçari


Candidato a deputado Cajado (acima) chegou a postar em sua página no FaceBook sua participação em uma reunião no domingo (5), em uma invasão em Arembepe, Camaçari, que ele chama de assentamento Emissãrio. No entanto a prefeitura, a polícia, o Ministério Público, e proprietários da área, que é particular, estão preparando uma ofensiva contra essa  invasão, que está sendo feita a toque de caixa sobre uma área de proteção ambiental. Proprietários vão entrar com pedido de cassação e impugnação do registro de candidatura do deputado Cajado por campanha antecipada e por oferta e promessa de vantagem em troca de voto, prometendo legalização das terras.

Com o intuito de debater e desenvolver ações coordenadas para o enfrentamento às ocupações irregulares e crimes ambientais na sede e orla da cidade, a Prefeitura de Camaçari se reuniu na manhã desta terça-feira (7/8) com representantes de diversos órgãos públicos como as Polícias Civis e Militares, Ministério Público do Estado, além de gestores de diversas secretarias e autarquias municipais.

Durante o encontro, a Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur) apresentou mais de 10 áreas mapeadas onde devem ocorrer intervenções para coibir a invasão de terras e que evitem a degradação de Áreas de Proteção Ambiental (APA) e de Preservação Permanente (APP).

Com base na explanação, foram estabelecidas ações de curto, médio e longo prazo e definidas operações práticas conjuntas que devem ocorrer de forma imediata visando, inclusive, cumprir ordens judiciais. Todos os presentes avaliaram a iniciativa do governo de forma positiva e classificaram o encontro como proveitoso. Autoridades da Segurança Pública no município pontuaram que além dos ganhos ambientais, as medidas vão refletir na redução da violência e de outras práticas delituosas.

A reunião foi conduzida pelo prefeito, Elinaldo Araújo, o secretário da Sedur, Genival Seixas, e a assessora especial da Secretaria do Governo, Juliana Paes. Também estavam presentes os secretários da Infraestrutura (Seinfra), Joselene Cardim, dos Serviços Públicos (Sesp), Armando Mansur, e da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT), Armando Yokoshiro.

Autoridades de segurança pública no município compareceram ao encontro, dentre eles o comando do 12º Batalhão de Polícia Militar, representantes da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e da Polícia Militar de Proteção Ambiental (COPPA), os titulares da 18ª Delegacia de Polícia (DP), na sede, bem como das 26ª e 33ª Delegacias de Polícia em Abrantes e Monte Gordo, respectivamente, além dos responsáveis pela delegacia de Proteção Ambiental, em praia do Forte, e da 5ª promotoria de Justiça de Urbanismo e Meio Ambiente de Camaçari. ( CN1)